quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Que tal um cafezinho num banco xícara?

12:16
Tea Party: hora do chá mais original com o banco xícara




Por Kelly Stein

Brinquedo ou mobília? Ele pode ser os dois, dependendo do seu humor. A criação da designer britânica Holly Palmer, traz uma releitura do que seria os móveis no incrível país das maravilhas de Alice. Com o formato de xícara em cores vibrantes, o tea cup stool (banco xícara) pode decorar suas festas, casas e até mesmo virar brincadeira no quarto de seus filhos.


A parte de cima de cada xícara é fechada com plástico durável e pode ficar dentro de casa ou no quintal, ao ar livre.

Fonte do artigo e das imagens http://www.mexidodeideias.com.br/

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

As diferentes maneiras de consumir o café pelo mundo.

20:34

Café pelo mundo

Por Kelly Stein
Ele foi moeda em grandes negociações do passado, elegeu e derrubou líderes e foi inspiração para grandes ideias da humanidade. O café, cujo berço está lá na Etiópia, ganhou o mundo e conquistou xícaras de diferentes culturas, raças, credos. No meio de tanta diversidade, é natural que ele tenha recebido as mais variadas interpretações, receitas e modos de preparo. Para mim, é aí que está a beleza de tudo isso!

Já falei aqui sobre os nomes que os tipos de café podem receber de acordo com a técnica ou como é preparado, mas o assunto hoje é outro. Você sabia, por exemplo, que o grão é consumido em grande quantidade e pode ser encontrado gratuitamente em muitos lugares do México? Eu também não sabia até ver o quadro abaixo, da comunidade Manejo da Lavoura Cafeeira.


As diferenças são tantas que podem ser expressas no simples ato de escrever a palavra café.
Confira as diferentes grafias que a Revista Cafeicultura listou.

Alemanha – KAFFEE
China – KAFEI
Dinamarca – KAFFE
Egito – MASBOUT
Espanha – CAFÉ
Finlândia – KAHVI
França – CAFE
Grécia – KAFES
Havaí – KOPI
Holanda – KOFFIE
Hungria – KAVE
Inglaterra – COFFEE
Iraque – QAHWA
Israel – KAVAH
Itália – CAFFE
Rússia – KOFE
Tailândia – KAFE
Turquia – KAHVE

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Alimentos que reduzem o Colesterol.

19:09


Top 7 
Alimentos Para Reduzir o Colesterol 


Por Clínica Vida Natural
Se você tiver níveis altos de colesterol (ou deseja evitá-los), uma das primeiras coisas que você deve examinar é a sua dieta. 


Você está consumindo alimentos que ajudam a reduzir o colesterol? Ou tem evitado aqueles que aumentam? Se não, nós preparamos uma lista de 7 alimentos que devem estar no seu carrinho de compras e que prometem baixar o seu colesterol, naturalmente. 


AMÊNDOAS 

As amêndoas são trabalhadoras árduas quando se trata de reduzir seu colesterol. Primeiro, elas são ricas em gorduras insaturadas que ajudam a aumentar o colesterol HDL (saudável) enquanto reduzem LDL (ruim). Segundo, essas gorduras também ajudam a impedir que o colesterol LDL seja oxidado, o que é ótimo, porque o LDL oxidado é mais agressivo para as suas artérias e mais capaz de entupi-las. Inclua amêndoas na sua dieta. Mas tome cuidado com a quantidade: as amêndoas são ricas em calorias, e tudo que você precisa são 10-12 delas por dia. 

AZEITE DE OLIVE 



Este óleo é uma estrela no mundo da nutrição - rico em antioxidantes e gorduras monoinsaturadas que reduzem o mau colesterol (LDL) e elevam o bom (HDL). De fato, em um estudo que analisou pessoas com colesterol alto, amostras de sangue apresentaram menor potencial de formar coágulos duas horas após os pacientes do estudo comerem uma refeição com azeite de oliva. Isso porque o azeite é rico em compostos fenólicos, substâncias vegetais que tornam o sangue menos susceptível a coagular. Tudo o que você precisa é de cerca de 2 colheres de sopa por dia para se beneficiar (use-o no lugar de outras gorduras). 

ASPARGOS NO VAPOR 


Não há nada de errado com um prato de legumes cozidos na sua dieta, mas preparar no vapor pode ajudar a manter as propriedades medicinais de alguns alimentos, incluindo os aspargos. Outros vegetais que melhoram após um tempo curto no vapor são: beterraba, quiabo, cenoura, berinjela, feijão verde e couve-flor. Pesquisadores acreditam que cozinhar estes vegetais no vapor pode ajudá-los a eliminar ácidos biliares, o que significa que o fígado precisa gastar colesterol LDL para fabricar a bile. Resultado: menos colesterol ruim na sua circulação. 

MINGAU DE AVEIA 


Sua mãe estava certa! Começar o dia com uma tigela de mingau de aveia é uma opção inteligente. De todos os cereais integrais, a aveia é a melhor fonte de fibra solúvel - o tipo de fibra que forma um gel e previne que o colesterol seja absorvido na corrente sanguínea. Tenha como alvo comer de 5 a 10 gramas de fibra solúvel por dia. Se você comer 1 xícara de farinha de aveia cozida no café da manhã, você já tem 5 gramas dessa fibra. Adicione ao mingau uma maçã picada e pronto, você já ganhou mais 3 gramas. 



MIRTILOS (BLUEBERRY) 


Você já deve ter ouvido que o mirtilo (blueberry, em inglês) é um superalimento. Qual a razão para tanta fama? Eles ajudam a manter suas artérias limpas, reduzindo os níveis sanguíneos de colesterol LDL. Os investigadores suspeitam que isso ocorre porque as amoras melhoram a função hepática. O resultado final: o colesterol é varrido para fora da circulação muito mais facilmente. Desfrute de mirtilos frescos, congelados ou liofilizados. Eles ainda têm os mesmos benefícios. 


TOMATES 


Coma tomates e seus derivados, ricos em licopeno, todos os dias por algumas semanas e você pode diminuir o seu mau colesterol LDL em quase 10%, de acordo com um estudo recente. Pesquisadores acreditam que o licopeno dos tomates inibe a produção de LDL, enquanto que, ao mesmo tempo, ajuda a quebrar essa gordura. Entretanto, o licopeno é melhor absorvido pelo corpo nos tomates cozidos. Você deve consumir pelo menos 25 miligramas de licopeno por dia para ter esse benefício, o que significa meia xícara de molho de tomate. 

ABACATES 



Eles estão repletos de gorduras monoinsaturadas e amigas do seu coração, que derrubam os triglicérides e o colesterol ruim, enquanto aumentam o colesterol bom. Prepare uma deliciosa guacamole para comer com saladas ou mesmo com pão integral torrado. 


Estes alimentos, associados com atividade física regular, repouso adequado, diminuição do consumo de açúcares refinados e gorduras de origem animal, vão ajudá-lo a manter seu colesterol dentro dos limites saudáveis, naturalmente! 


-------------------- 


Dr. Luiz Fernando Sella (adaptado de realage.com) - www.vidanatural.org.br http://www.portalnatural.com.br

Fonte das imagens: http://www.google.com.br