sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

A importância da vitamina B 12

Vitamina B 12


A VITAMINA B12



A vitamina B12, ou cobalamina, é um composto exclusivamente sintetizado por micro-organismos e atualmente é muito utilizado como um agente terapêutico devido á sua importância para a saúde. A vitamina B12 tem influência em praticamente todas as áreas do organismo humano, ela é uma coenzimanecessária para o metabolismo de todas as células reprodutivas e particularmente importante na formação do sangue, proteção dos nervos, multiplicação das células, sintetização do ADN, além de apoiar a produção de neurotransmissores, criação de energia e o metabolismo proteico. É especialmente relevante também na manutenção dos nervos, do equilíbrio energético e da saúde mental, a vitamina B12 vem ganhando um grande destaque e importância no tratamento de várias doenças.

A deficiência de vitamina B12 


O organismo humano absorve uma quantidade diária de vitamina B12 para se manter saudável. Uma vez que existem reservas da vitamina no fígado, esta não tem que ser obrigatoriamente ingerida todos os dias através dos alimentos, mesmo assim, a deficiência de vitamina B12 é uma condição surpreendentemente comum.




As razões mais habituais para este desequilíbrio estão relacionadas com falhas no processo de absorção da vitamina. A deficiência tem uma evolução rápida quando existem distúrbios nas mucosas gástricas e intestinais ou quando são ingeridos medicamentos que bloqueiam os seus processos.

Em outros casos, não são consumidas quantidades suficientes de vitamina B12 para as necessidades do organismo. Em determinadas circunstâncias, o organismo processa uma quantidade mais elevada da vitamina, e em outras não são consumidos produtos de origem animal em quantidade suficiente. Mesmo dietas consideradas saudáveis apresentam em muitos casos um teor baixo de vitamina B12. Vegans e vegetarianos, em especial, são grupos que apresentam grandes dificuldades em atingir os valores mínimos necessários para o equilíbrio dos níveis da vitamina, pois as suas dietas se baseiam em alimentos de origem vegetal. A deficiência de vitamina B12 pode causar sintomas incapacitantes e resultar em sequelas graves, mas quando detectadas nem sempre são associadas a este tipo de insuficiência vitamínica numa primeira abordagem.


O que é a vitamina B12?


A vitamina B12 pertence ao grupo das cobalaminas, denominação que remete para os seus iões de cobalto positivos centrais e esses são os únicos compostos naturais que contêm cobalto. A vitamina B12 e a cobalamina são sinônimos, são substâncias cristalinas, sem odor, de cor vermelha escura, sensíveis ao calor e á luz. No organismo, apresenta geralmente a forma de metilcobalamina. Nas mitocôndrias, ou centro das células, a cobalamina toma a forma de adenosilcobalamina (com metilcalonil-CoA mutase e leucina mutase), também denominada de cobabamida.

A vitamina B12 é produzida pelos micro-organismos na terra, em algumas algas e, em especial, no organismo de humanos e animais. Nos ruminantes, a vitamina é formada no rúmen, tornando o consumo exterior desnecessário. Outros herbívoros recolhem pequenas quantidades de vitamina B12 do solo. No caso dos humanos a vitamina B12 é produzida endógenamente por bactérias intestinais, no entanto, elas não estão passíveis de ser absorvidas pelo corpo. Esse fator torna o homem dependente da alimentação para preencher as necessidades de vitamina B12.


Presença: A vitamina B12 é produzida por microorganismos que vivem na terra e nos intestinos dos seres humanos e animais. Dessa forma ela existe em maior concentração em vísceras, carne, peixe, queijo, gemas de ovo e leite (ver tabela abaixo). Além disso pode também ser encontrada na superfície de frutas e vegetais. Infelizmente, essa opção não pode ser contemplada pelo ser humano pois estes alimentos precisam, por razões de higiene, ser lavados antes do consumo, perdendo assim essa possibilidade.

O ser humano também possui essas bactérias produtoras de vitamina B12 no seu intestino, mas essa vitamina também não pode ser aproveitada.


Causas de deficiência de vitamina B12


As principais causas da deficiência de vitamina B12 são as seguintes:

Transtornos, irritações, inflamações ou desordens da mucosa gástrica (diminuição das funções do FI) ou do intestino delgado, tal como gastrite, doença de Crohn, enterite crónica, diarreia crónica ou doenças do pâncreas. Nesses casos, a mucosa gástrica está desequilibrada e forma pouca quantidade da proteína de transporte, ou FI, ou pouco ácido no estômago. As funções de absorção da vitamina B12 são então limitadas ou mesmo, em determinados casos, impossíveis. O mesmo se aplica em uma perturbação ou inflamação do intestino delgado. Esses fatores podem reduzir significativamente a concentração de cobalamina no sangue. Pessoas com função gástrica diminuída e/ou mucosa duodenal inflamada podem, portanto, sofrer uma grave deficiência de vitamina B12, mesmo quando a consomem em quantidade suficiente na sua alimentação.

Consumo de álcool ou drogas: O uso de álcool ou drogas consome uma grande quantidade de vitamina B12 e tem impacto na mucosa gástrica e no fígado, o que se reflete na função do FI, piorando a absorção da vitamina no intestino.

Uma dieta alimentar com pouco conteúdo de vitamina B12. Se aplica, especialmente, no caso de vegetarianos e vegans.

Um aumento da exigência da vitamina B12 devido a situações específicas, em que as necessidades não são adequadamente cobertas. Em particular, no caso de “stress” crônico ou nitrosativo, em problemas provocados por sobrecargas, contato com metais pesados, toxinas, medicamentos ou traumatismos (por exemplo na coluna cervical).


Além desses, os seguintes fatores também são relevantes:

Parasitas. As ténias, em particular, “roubam” do organismo altas quantidades de vitamina B12. Enquanto esses parasitas não são eliminados é muito difícil equilibrar os níveis de vitamina B12.


Remoção parcial do estômago devido a intervenções cirúrgicas.


Idade. Muitas vezes, as funções das paredes do estômago tornam-se ineficazes na terceira idade. A deficiência de vitamina B12 é um motivo comum para a fadiga, perda de memória e humor depressivo das pessoas mais velhas. 


Medicamentos. Contraceptivos e preparações hormonais (inibidores da bomba de protões), medicamentos para diabetes (metformina), anti-hipertensivos (ECA), medicamentos para distúrbios do ritmo cardíaco (beta bloqueadores, sprays de nitratos, nitroglicerina), medicamentos para baixar o colesterol (estatinas) contendo estrogênio influenciam a absorção da vitamina B12.


Doenças. Doenças do fígado (problemas de armazenamento e transporte). 


É importante assinalar que os primeiros sinais de deficiência de vitamina B podem assemelhar-se aos sintomas de flutuações sanguíneas de hiperglicemia (nervosismo, desejos, problemas de concentração, agressividade, irritabilidade, alterações de humor repentinas e depressões refratárias). Curiosamente, os hidratos de carbono (isolados, de qualquer tipo), também são ricos em vitamina B necessária para o metabolismo de uma grande quantidade do açúcar. Além disso, elementos como o magnésio, crómio e zinco, assim como o magnésio mineral são consumidos por ele que, por sua vez, tem um efeito negativo indireto sobre as vitaminas do complexo B.



Sintomas e consequências da vitamina B12 baixa


A vitamina B12 é extremamente importante para a proteção das células nervosas. A vitamina B12 baixamanifesta-se em frequentemente em problemas do sistema nervoso, por exemplo, na desmielinização dos nervos na medula espinhal. Os sintomas são, geralmente:
Nervosismo


*Irritabilidade
*Desde dormência ou formigamento em várias partes do corpo, especialmente nas extremidades, até dores nos membros (pernas, braços ou mãos)
*Parestesia dolorosa nas extremidades (mãos, braços, pés, pernas)
*Fadiga
*Problemas neurológicos, como “burning”, língua vermelha e lisa
*Depressão

Existe a possibilidade de que sintomas mencionados não sejam, numa primeira abordagem, imediatamente associados a vitamina B12 baixa.

Fonte do artigo: Vitamina B12



Fontes naturais de vitamina B12

Fígado
Ostras
Carne
Peixes (Truta, Salmão, Atum, etc.)
Manteiga
Nori

A soja e seus derivados também possuem a cobalamina em sua constituição porém como um análogo inativo de vitamina B12 e portanto inapropriado a digestão humana. Plantas não sintetizam nem armazenam vitamina B12, sendo a principal fonte desta vitamina nos animais por síntese microbiana. A vitamina B12 apenas existe nos vegetais que possuem associação com bactérias que a produzam, o que é mais comum em criações orgânicas.[6]. Mesmo assim, a quantidade de B12 nessa plantas cultivadas de forma orgânica é insignificante para as necessidades humanas (possivelmente devido à alimentação não natural, não crudívora, o órgão que no ser humano exerce a síntese microbiana, a apêndice ileocecal, tenha perdido grande parte das suas funções).




Espero que tenham gostado da dica de hoje!

Irismar Oliveira

Bjs!