sexta-feira, 7 de abril de 2017

Alimentos sem lactose.

Brownie sem lactose

LACTOSE




A lactose é o açúcar presente no leite e seus derivados. É um hidrato de carbono, mais especificamente um dissacarídeo, que é composto por dois monossacarídeos: a glicose e a galactose.

É o único hidrato de carbono do leite e é exclusiva desse alimento porque apenas é produzida nas glândulas mamárias dos mamíferos: no leite humano representa cerca de 7,2% e no leite de vaca cerca de 4,7%. Seu sabor é levemente doce e as leveduras não a fermentam, mas podem ser adaptadas para fazê-lo. Lactobacilos a transformam numa função mista de ácido carboxílico e álcool, que formam o ácido lático.




Intolerância à lactose



Quando nascemos estamos aptos a digerir um açúcar encontrado no leite e em produtos lácteos em geral, chamado lactose. Esse açúcar quando ingerido sofre uma digestão por meio de uma enzima chamada lactase. Ela é responsável por quebrar a lactose em glicose para ser absorvida pelo intestino delgado e quando não ocorre esse processo, alguns sintomas como diarreia, flatulência, dores de barriga e inchaço no abdômen aparecem. Ou seja, a principal característica dessa patologia é quando a lactase é pouco produzida ou não está presente no nosso organismo. 

Essa intolerância pode ser genética ou surgir em decorrência de outras situações, como: cirurgia intestinal, infecções do intestino delgado causadas por vírus ou bactérias, que podem afetar as células do revestimento do intestino (geralmente em crianças), e doenças intestinais, como a doença celíaca.

A intensidade dos sintomas dependerá da quantidade de lactose ingerida e da quantidade de lactose que seu organismo tolera. Algumas pessoas são mais tolerantes do que outras, por isso alguns queijos, leites com baixo teor de lactose, iogurtes e leite fermentados podem ser consumidos por portadores do distúrbio, sem sentir sintomas muito severos da doença. O diagnóstico é determinado através dos sintomas citados e de exames clínicos.

Alimentos sem lactose:

O tratamento indicado para essas patologias é basicamente retirar ou diminuir a ingestão e frequência de alimentos que contenham esse açúcar (lactose) da alimentação (manteiga, queijo, creme de leite, iogurte e etc). Uma preocupação importante é em complementar a alimentação com alimentos fonte de cálcio, principal fonte dos leites e derivados. Uma substituição inteligente são as bebidas à base de soja, peixes, frutas oleaginosas, vegetais escuros (couve, brócolis, espinafre), aipo, semente de gergelim.






Será que é possível fazer comidas gostosas para quem tem intolerância a lactose? SIM!!

Assim como os que tem diabetes- veja Como Preparar Receitas saborosas para diabéticos, quem tem intolerância á lactose depende de uma dieta muito limitada(em alguns casos sem gosto e sem sabor) por medo de passar mal. Só quem tem essa doença sabem como é terrível os seus sintomas. 



Fonte do artigo: Wikipedia.
Fonte da imagem: Receitas Zero Lactose