quarta-feira, 26 de abril de 2017

Causas e sintomas da Candidíase.



Candidíase é uma infecção fúngica causada por qualquer tipo do fungo Candida. Existem três tipos diferentes de candidíase: a candidíase oral, vaginal e disseminada. 

Comumente, a candidíase afeta as unhas, a pele, a garganta, a boca, os órgãos genitais e também a corrente sanguínea. A candidíase oral (ou sapinho, como é popularmente conhecida) é geralmente percebida por apresentar áreas esbranquiçadas sobre a língua, céu da boca e outras áreas da gengiva e boca. Assim também é a candidíase vaginal, tendo o diagnóstico um pouco mais difícil por poder envolver áreas internas da vagina.



Já a candidíase disseminada é quando o fungo se prolifera pelo sangue, mais comum em pacientes de UTI, como recém-nascidos ou pessoas que fizeram cirurgias.






Causas da candidíase

Todos nós temos uma certa quantidade do fungo Candida em nosso corpo, por isso enquanto sob controle este fungo não causará nenhum problema ao nosso organismo. O desenvolvimento do fungo que causa candidíase pode ser desencadeado por diversos fatores diferentes, tais como:

Estresse
Gravidez
Alta ingestão de açúcar
Quimioterapia
Traumas psicológicos e emocionais
Diarreia
Ingestão de antibióticos
Infecções virais


Sob certas circunstâncias, os fatores acima podem ser agentes de causa da candidíase. Como exemplo, antibióticos de largo espectro que eliminam inclusive as bactérias saudáveis, criando um ambiente propício para que a candidíase se prolifere pelo corpo.

É importante notar que a candidíase também pode ser transmitida através da relação sexual. Isso acontece em geral no contato da boca com o órgão contaminado e vice-versa. Aqui também é importante frisar que um sistema imunológico fraco pode ser favorável para o desenvolvimento do fungo, daí a importância de manter uma dieta rica em vitaminas, em especial a vitamina D.



Sintomas da candidíase

A candidíase possui diversos sintomas diferentes que podem ser resultados da proliferação do fungo Candida. Além dos sintomas evidentes que podem ser facilmente observados ao menos no caso da candidíase oral, os sintomas mais comuns são:

Alergias, coceiras e sensibilidade em certos lugares da pele;
Intolerância e alergia a certos odores e perfumes;
Problemas digestivos, causando diarreia e constipação
Sintomas similares aos da gripe
Nervosismo e irritabilidade
Ansiedade e perda de memória
Feridas e manchas esbranquiçadas na região vulvar
Úlceras em casos mais extremos
Portanto, além dos sinais visíveis da candidíase oral e vaginal, a candidíase pode apresentar também os sintomas acima, e muitos outros. Em casos extremos, a candidíase pode trazer alterações de humor e sérios problemas de saúde.




Alimentos recomendados para tratamento de candidíase

Para evitar o surgimento da candidíase, há alguns alimentos recomendados que servem como remédios caseiros. Dentre eles podemos citar o alho (por ser um antibiótico natural), os iogurtes por causa dos probióticos e o vinagre de maçã. É recomendado a ingestão destes alimentos nos tratamentos de candidíase para evitar que o fungo Candida possa aumentar e se proliferar pelo corpo.

Alimentos que devem ser evitados


A Candida tem como “alimento” principal o açúcar. Alimentos como pão de farinha de trigo branca, arroz, macarrão e biscoitos devem ser evitados por causa de seus altos índices glicêmicos, servindo como combustível para a proliferação de candidíase.

Problemas com cabelos e unhas fracas? Veja aqui

Recomendações gerais
É importante que assim que os sinais de um possível desenvolvimento de Candida (ou candidíase) estejam presentes, que um médico seja imediatamente consultado para indicar o tratamento mais adequado para cada caso.

Fonte do artigo: Greenme.com.br